Galeria de Arte Casa Amarela

Uma proposta inovadora

Mais um atrativo
surge na Rota Romântica. Uma galeria que comporta obras únicas de diferentes
ramos da arte, seja pintura em tela e papel, cerâmica e porcelana. Aliam-se
eventos culturais, de negócio e turismo comercial com o objetivo de trazer a
arte para mais perto da população sem comprometer a genuína cultura local e
regional. 


A Galeria de Arte
Casa Amarela representa um espaço no qual os artistas da região da Serra Gaúcha
têm a oportunidade de exporem suas obras, torná-las conhecidas ao público e
também comercializá-las.


Todas as obras de
arte que compõem a galeria são produzidas por artistas que residem nesta
região, como se diz na linguagem dos descendentes de alemães que aqui residem:
“do hier gemach“ ou “fato quà”, na linguagem dos ítalo-brasileiros, isto é,
feito aqui.


Além de vivenciar
um clima que inspira arte e ter a oportunidade de escolher a sua, para aqueles
que procuram uma lembrança de Nova Petrópolis, a galeria conta também com obras
artísticas de referência local, que são evidências da consciência histórica de
um povo que preserva sua cultura e a transfere para novas gerações.


Sob a
responsabilidade de Marley Terezinha Pertile, participante do núcleo de pintura
da Universidade de Caxias do Sul, Drª em letras e pesquisadora na área de línguas
de imigração, a Casa Amarela visa também congregar outras artes e artistas com
o objetivo não só de manter as línguas de origem da população local, mas
inclusive revitalizar aquelas que, infelizmente, se encontram em perigo de
extinção. Também são oferecidos cursos de desenho e pintura, aliando o
conhecimento e a prática de artistas com trajetória reconhecida a outros que
pretendam iniciar uma experiência artística.




Um olhar sensível
sobre o lugar


Paisagem natural e
edificações constituintes contribuem para configurar uma bela imagem ao lugar.
O conjunto edificado é composto pela Casa Sede, uma edificação de 1940 que
registra o nome do seu primeiro proprietário e se constitui em testemunho do
processo de ocupação gradativa desse entorno próximo. Na parte superior do
acesso principal, a sede registra o ano da sua edificação: 1940. Expoente de
linguagem arquitetônica erudita da cultura da imigração alemã, a edificação
abrigou função original de residência. Na década de 1990 foi ocupada com função
de antiquário até que, passando por processo de requalificação física e
funcional, em 2012 seu uso foi reciclado para galeria de arte. A sua técnica
construtiva, tijolo assentado em argamassa de barro, mereceu o maior cuidado na
intervenção no sentido de evitar aberturas de canalizações e outros
dispositivos que agridam as paredes portantes. A visita à galeria e seu
entorno, permite constatar os cuidados dispensados com as preexistências, como
também se permitir um “transporte”ao passado, proporcionado pela ambiência do
lugar.


As intervenções
feitas levaram em conta a relação dos elementos construídos com a paisagem
natural do lugar. Do lado da Sede onde se encontra a Galeria de Arte, uma
rocala que comporta cactus e outras espécies suculentas embasa o belo canário,
tendo no horizonte a imagem imponente do morro Malakoff. 


No outro extremo,
sobre a RS 235, se encontram três casas em técnica construtiva enxaimel, as
quais também fazem parte do Inventário de Bens Imóveis de valor patrimonial
histórico do Município de Nova Petrópolis (Lei Municipal nro 3.621/2007). A
técnica de enxaimel se constitui num paradigma do sistema construtivo adotado
pela imigração alemã, também na região do município de Nova Petrópolis. Estas
casas remontam a datas de 1860, 1875 e 1880.



(54) 3298-8005
(54) 9604-0794



casaamarelanp@gmail.com





Localização:

Rua Pastor Paulo Evers, 1328 - RS 235 Km 13 - Linha Brasil